As duas exposições que abrem na Gravura Galeria de Arte na próxima quarta-feira (08), mostram como a percepção pode alterar o resultado, em Porto Alegre. “Naturalmente” mostrará como a fotojornalista Andréa Graiz apresenta detalhes da natureza, que muitas vezes passam despercebidos diante das pessoas, já a “Infinito Recomeçar” traz a etapa de transição que o VW Atelier Coletivo está passando.

Andréa Graiz faz seus registros em seu tempo livre, em viagens de férias e, também, no tempo em que morou no Canadá. As imagens variam entre grandes cenários naturais e pequenos detalhes de lugares pelo qual ela passou. A exposição “Naturalmente” apresentará 21 obras da fotojornalista, em sete tamanhos diferentes.

A “Infinito Recomeçar” é uma exposição do VW Atelier Coletivo, que era conhecido como Atelier Estággio. Sob direção de Liane Paiva, o atelier passou por uma transformação após o recente falecimento da artista visual Vera Wildner, fundadora e orientadora. O grupo do atelier optou por continuar suas atividades e agora assumem uma postura mais autônoma e madura.

O título da exposição foi escolhido para representar esta etapa de transição e apresentar o resultado de suas novas produções. A exposição contém obras das 11 artistas, que desenvolvem suas práticas artísticas como processos únicos dentro do universo de cada uma, através da linguagem da pintura e com técnicas diversas.