A equipe do Eu tenho Visto e a loja de cerveja MaltStore estiveram em São Paulo, no último final de semana, para acompanhar a 1ª edição do Mondial de La Bière. O evento reuniu apreciadores, fabricantes, distribuidores e importadores de cervejas artesanais e premium, em um salão com mais de 120 estandes.

As cinco melhores experiências:

  1. Talk-shows com profissionais do setor.
  2. MBeer Contest: competição das melhores cervejas expostas, avaliadas por jurados nacionais, internacionais e pelo público.
  3. Nota 10 para a praça de alimentação e shows de rock’n’roll.
  4. Acompanhar um evento organizado se consolidando em outro Estado.
  5. Rever amigos e conhecer novas cervejarias.

 

Confira a lista de cervejas que agradaram o sommelier e colunista do ETV, Gustavo Passaia, em ordem de preferência.

Dogma Morning Grigo – Russian Imperial Stout com café e maple syrup;

Cervejaria Trilha – Imperial Stout com adição de cachaça e 13,5% ABV;

Seasons Triple IPA;

Lohn Catarina Sour Uva Goethe;

Pilsen não filtrada da Trilha, que vale destacar para os amantes de cerveja leve.

As premiadas pelos jurados:

PLATINA

Point of View – Dádiva (Várzea Paulista-SP)

OURO

Kremlin Reserva – Antuérpia (Matias Barbosa-MG)

Bravo – Bäcker (Belo Horizonte-MG)

Hop Damage – Blondine (Itupeva-SP)

Psicose Espacial – Doktor Bräu (Pouso Alegre-MG)/Colaborativa com a Satélite (São Paulo-SP)

Endorphina – Doktor Bräu (Pouso Alegre-MG)

H5 – Hausen Bier (Araras-SP)

Kremer IPA – Kremer Cervejaria (Morungaba-SP)

Carvoeira – Lohn Bier (Lauro Müller-SC)

Cryosat – Satélite (São Paulo-SP)

Melon Sat – Satélite (São Paulo-SP)

Half Blind Peach Gose – Synergy (Sorocaba-SP)/Colaborativa com a Narcose (Capão da Canoa-RS)

Quem esteve por lá: