Para muitos brasileiros, a Copa do Mundo da Fifa é, sem dúvida, a época mais esperada. O momento para unir a família, amigos e até mesmo aqueles colegas distantes para sentar em frente à televisão e torcer pela seleção.

Este ano, o Mundial ocorre na Rússia e já iniciou com grandes jogos como Espanha e Portugal, Alemanha e México e Brasil e Suíça. No entanto, apesar de tantas pessoas se considerarem fãs do torneio, existem algumas curiosidades que poucos tem conhecimento.

1 – Embora já tenha sediado grandes torneios e eventos esportivos, incluindo os Jogos Olímpicos, é a primeira vez que a Rússia recebe a Copa do Mundo.

2- 10 de 12 estádios da Copa do Mundo de 2018 tem uma decoração para lá de moderna, com luzes LED ideais para televisores 4K. Além da possibilidade de ver em alta qualidade detalhes da fisionomia de cada jogador – como o suor de Neymar ao driblar um jogador – as luzes – provenientes da empresa Signify – podem ser sincronizadas com uma música, por exemplo, criando um espetáculo à parte.

3 – Se você estiver na Rússia e, durante um jogo, decidir reclamar do juiz lembre-se de brigar com o “sudiá”. De acordo com uma pesquisa da plataforma de idiomas, Verbling, existem algumas expressões importantes em russo para torcer na Copa do Mundo, como goleiro (vratar) ou jogador de futebol (futbalist).

4 –  Somente um árbitro brasileiro irá apitar a Copa do Mundo, ele é o Sandro Meira Ricci. Os auxiliares Emerson de Carvalho e Marcelo Van Gasse também trabalharão no evento.

5 – A bola oficial da Copa do Mundo da Fifa 2018 foi inspirada na Telstar, bolas das Copas de 1970 e 1974. Ela foi batizada de Telstar18 e apresenta a novidade de transmitir o sinal dos jogos em 4k.

6 – O mascote da Copa do Mundo da Rússia é um lobo chamado Zabivaka (em sua tradução significa “aquele que escreve”). Ele foi escolhido por crianças russas através de uma pesquisa online.

7 – A Copa do Mundo foi disputada 20 vezes e o Brasil é o país que alcançou um maior número de títulos, 5 no total. Logo atrás estão a Itália e a Alemanha.

8 – O torneio será realizado em um total de 11 cidades russas, que incluem Moscou, São Petersburgo ou Samara. Apesar disso, as partidas serão disputadas em 12 estádios, duas delas no estádio Luzhniki e o Spartak, localizados em Moscou.

9 – A Rússia permitiu a entrada de todos os torcedores estrangeiros que possuem ingressos no país, sem obter nenhum tipo de visto.

10 – Quatro dos estádios foram reformados e oito deles foram construídos do zero. Todos eles, portanto, possuem equipamentos e tecnologias de luxo.